mulher.JPGEstrias
Recebo inúmeros e-mails perguntando sobre estrias. As perguntas foram muito variadas. Não será possível responder a cada uma individualmente, por isso responderei agrupando as dúvidas

O que é estria? O que causa estria? Por que a gravidez é a pior época para o aparecimento das estrias?
As estrias resultam da ruptura das fibras de colágeno e elastina da pele, as
estrias aparecem em pessoas geneticamente predispostas. Também existem outros
fatores que favorecem seu aparecimento: alterações hormonais na
adolescência e na gravidez e durante o uso de corticóides, estiramento
provocado pela gravidez, aumento de peso, crescimento durante a adolescência e excesso de exercício de musculação.

As estrias nas costas e de atrás dos joelhos surgem normalmente na adolescência, devido ao crescimento repentino. Em 70% dos casos, as estrias localizam-se no bumbum e no quadril e 60% das estrias que aparecem durante a gravidez atingem a mama e o abdome.

As estrias podem ser recentes ou antigas.
Recentes: ocorre um processo inflamatório e surgem linhas finas ou largas, a
cor é vermelho-arroxeada. Podem permanecer avermelhadas ou arroxeadas de
três meses a dois anos.
Antigas: o organismo passa a produzir um colágeno mais espesso e as estrias
ficam semelhantes a uma cicatriz com coloração perolada, já que a melanina,
pigmento que dá cor à pele, é eliminada
É possível evitar as estrias? como? Se as estrias já apareceram, o que fazer em casa para melhorar sua aparência?
Atualmente dispomos de tratamentos que amenizam o aspecto clínico das
estrias. Porém, é necessária avaliação de cada caso individualmente. A
escolha do tratamento dependerá do tipo de estria (estria recente ou
tardia), localização (abdome, coxa, mama, braço,…), espessura e
profundidade, tipo de pele do paciente. Pode-se fazer o tratamento clínico
(cremes/loções de uso local) ou cirurgia dermatológica (epidermodivulsão, peelings físicos e químicos, LASER).
Os resultados dependerão da classificação da estria, da localização e serão melhores quando associamos uma ou mais técnicas de tratamento.

Quais os tratamentos disponíveis em consultórios?
Epidermodivulsão: pequeno procedimento onde anestesiamos o local com estrias e utilizamos uma agulha especial para “descolar” as paredes da estria e estimular a formação de novo colágeno no local para melhorar a aparência das estrias, peelings físicos (cristais ou diamantes) e químicos (como os com ácido retinóico ou ácido glicólico) , LASER como o dye Laser para estrias vermelhas ou a Luz intensa pulsada).

Quem já tem estria há muitos anos pode curá-las?
Não se pode curá-las, mas pode tentar melhorar o aspecto da estria. Quanto mais antiga a estria, difícil será a resposta ao tratamento.

A estria é um problema exclusivo da mulher ou homem também pode ter?
Tanto o homem quanto a mulher podem ter estrias, não é um problema exclusivo das mulheres.

Importante: as estrias não têm cura, mas podem ter seu aspecto estético melhorado. Não acredite em promessas milagrosas, nem em tratamentos mirabolantes. Consulte seu médico dermatologista para avaliar seu caso e fazer a melhor programação terapêutica.

Dra. Érica Monteiro – Dermatologista

Tel:11-50441064

www.dermatologia.com.br