ruiva.JPGA rosácea é uma doença que afeta principalmente os adultos após os 30 anos de idade, podendo acometer homens e mulheres.

Caracterizada inicialmente por episódios de rubor e vermelhidão na face, ao longo do tempo pode evoluir com aparecimento de pápulas, pequenas espinhas e vasinhos na pele do rosto. Geralmente aparece em pessoas de pele delicada e sensível.

Os sintomas podem piorar com o sol, calor, frio excessivo, vento, fatores emocionais e consumo de álcool e alimentos condimentados.

Alguns portadores da doença podem apresentar inflamação nas pálpebras (blefarite).

O diagnóstico é clínico e dispensa exames laboratoriais ou biópsia. Os cuidados com a pele afetada incluem a limpeza com produtos apropriados, evitando esfregá-la, e o uso de medicamentos via local ou oral – dependendo da necessidade de cada paciente.

O laser ou a luz intensa pulsada podem ajudar na eliminação dos pequenos vasos sanguíneos que surgem no rosto.

A rosácea de evolução crônica pode causar lesões definitivas que afetam a qualidade de vida do paciente pelo aspecto inestético.

Procure o  seu médico dermatologista para orientação e tratamento.

Dra. Érica Monteiro – dermatologista

tel:11-50441064

www.dermatologia.com.br