Queridos Internautas,

novamente agradeço as inúmeras mensagens que continuam chegando! Leio todas, mas não tenho como responder toda a demanda, por isso escolhi as mais freqüentes sobre o tema CABELOS.

Nossos amigos, vizinhos e outras pessoas sempre querem nos dar conselhos sobre a melhor maneira de cuidar dos cabelos.  Muitas vezes esses conselhos são mitos passados de geração para geração e que não têm base científica. Essas pessoas  querem nos ajudar, mas em caso de problema com seus cabelos é melhor recorrer a avaliação do especialista. Vamos ver algumas verdades e mentiras sobre os cabelos. Esse guia de perguntas e respostas pretende esclarecer as dúvidas mais freqüentes que surgem no dia a dia da prática da dermatologia e são o resumo das perguntas que chegaram para mim sobre o tema. Não são conselhos médicos, para cada paciente é necessária uma avaliação cuidadosa e individual. Se você tem problemas com os seus cabelos, consulte seu médico dermatologista.

No inverno, o cabelo demora mais para crescer?
Verdade. No inverno, o cabelo demora mais para crescer. Isso tem a ver com um hormônio chamado melatonina. Existem estudos demonstrando que os fios reagem à melatonina, hormônio associado à luminosidade do meio ambiente, por isso a taxa de crescimento é ligeiramente menor durante o inverno.

Durante o verão os cabelos podem ser danificados pelo excesso de sol?

Verdade. Os raios ultravioleta do sol danificam a cutícula do fio, ressecam o fio (roubando água do cabelo) e alteram a coloração do cabelo (os escuros ficam avermelhados e os loiros podem ficar esverdeados). O sal da água do mar e o cloro da piscina também danificam o fio. Após o xampu, usar condicionador com filtro solar que ajudará na proteção dos fios. Condicionador sem enxágüe (“leave in”) com filtro solar está indicado. Usar máscaras ou produtos para hidratação semanal ou a cada quinze dias.


Os filtros solares podem ser usados no cabelo?

Verdade. Cremes com protetores solares ajudam a prevenir os danos causados aos fios pela exposição solar. A radiação ultravioleta do sol acelera a descoloração do fio e a situação é ainda pior se o cabelo está com coloração.  Quando toma muito sol, o fio perde a elasticidade característica, ficando mais poroso e desbotado. Por isso, no verão estão indicados cremes com agentes fotoprotetores para os cabelos, que formam um filme sobre os fios, protegendo-os dos danos causados pelos raios de sol. Os filtros empregados são os mesmos dos bloqueadores solares, contudo, os princípios ativos variam conforme a formulação idealizada por cada fabricante. A textura também é mais leve do que os cremes faciais e corporais, para não deixar os fios com aspecto sujo e pesado. Há várias marcas disponíveis no mercado.
Não adianta usar só xampu ou creme condicionador com fator de proteção, pois ainda que constem na composição, os princípios são lavados durante o enxágüe. O produto ideal deve ser do tipo leave-in, ou seja, condicionador sem enxágüe.

O cabelo humano cresce continuamente, o tempo todo?

Mentira. O cabelo não cresce continuamente, ele cresce em ciclos que apresentam três etapas: crescimento, repouso e queda. Após esse ciclo nasce outro fio que passará pelas mesmas etapas. Os folículos não trabalham de forma sincronizada, enquanto alguns estão na fase de crescimento outro estará em repouso e outro estará em fase de queda. Diariamente poderemos ter 100 a 150 fios na fase de queda, por isso pode-se notar uma perda diária de cabelos que voltaram a crescer posteriormente. Se a quantidade de fios perdidos for maior, deve-se procurar o médico dermatologista para avaliar o caso.

Com o avanço da idade ficamos com menos cabelos?

Verdade. Após os 60 anos, há diminuição no número e volume dos pêlos e dos cabelos, em ambos os sexos.

Após a gravidez, pode ocorrer queda de cabelo?
Verdade. Durante a gravidez, os cabelos geralmente ficam mais brilhantes e volumosos. Isso ocorre devido ao aumento dos hormônios. Lembrar que após o parto, por privação hormonal,  pode-se seguir um episódio de queda abrupta dos cabelos conhecido como Eflúvio Telógeno.


Caspa é um problema só de adultos?

Mentira. A maior atividade das glândulas sebáceas ocorre sob a ação dos hormônios androgênicos, por isso, o início dos sintomas de caspa e de seborréia ocorre geralmente após a puberdade. Nos recém nascidos também podem ocorrer manifestações da dermatite seborréica, devido ao androgênio materno ainda presente (“Caspa na criança”).

Continuarei respondendo as dúvidas.

Atenciosamente,

Dr. Érica Monteiro – Dermatologista

CRM 87350

tel:11-50441064