O cílio é o pelo que cresce na extremidade da pálpebra. Os cílios protegem o olho de fragmentos, poeira e eles são sensíveis a serem tocados, deste modo fornecem advertência de que um objeto está próximo ao olho, e ele é então fechado por reflexo de proteção. Os folículos dos cílios estão associados a várias glândulas conhecidas como as Glândulas de Zeis e as Glândulas de de Moll.

Os cílios longos são consideradas um sinal de feminilidade em muitas culturas. As maquilagem modernas para os olhos incluem rímel, delineador de olhos, cílios postiços e sombra de olho para destacar os olhos.

Doenças
Existem várias doenças ou desordens envolvendo os cílios:

- Madarose é a perda de cílios
- Blefarite é a irritação da margem onde os cílios juntam-se a pálpebra. As pálpebras ficam vermelhas e coçando. A pele frequentemente fica descamando. Os cílios podem cair.
- Distiquíase é o crescimento anormal dos cílios de certas áreas da pálpebra.
- A triquíase é um desvio de natureza congênita ou adquirida dos cílios para dentro, contra o globo ocular, com a pálpebra conservando sua posição normal. O resultado deste desvio é uma permanente irritação da conjuntiva bulbar e da córnea.
- Os cílios podem ficar infestado com parasitas.
- Um hordéolo é uma inflamação do folículo do cílio.
- Tricotilomania é uma desordem onde o próprio paciente arranca os próprios pelos de diversasáreas do corpo, como couro cabeludo, cílios, etc.

Cuide do seu cílio!

Dra. Érica Monteiro – CRM87350
tel:11-50441064

Www.dermatologia.com.br